Não seja um “crente-humanista”

Fazer as coisas que queremos, e esperar que Deus abençoe é humanismo.
(Humanismo = Antropocentrismo: Ser humano no centro do universo: “O ser humano passou a ocupar o centro de interesse da sociedade, das artes e das ciências. Com isso, o ser humano tomou o lugar que antes era ocupado pela religião e, consequentemente, pela Igreja” – Fonte: Internet).
Deus vai abençoar o homem em tudo que o homem quer?
Não, Deus vai abençoar o que Ele quiser, o que for da vontade dEle.
A nossa vontade não pode ser “um deus”.
E a vontade de Deus é que precisa ser obedecida.
Se o que queremos é da vontade dEle, então ótimo, Ele vai abençoar!
Mas, se o que queremos é vontade nossa, da nossa carne, da nossa alma, do nosso vazio interior, ou até do diabo… então Deus não vai abençoar não.
E, se seguimos a nossa vontade, erramos.
As vezes, erramos em achar, pensar, acreditar, que Deus estava abençoando a nossa vontade. E o erro, se não for reconhecido, nunca será corrigido em nossas vidas!
“Ah, mas Deus perdoa esse erro… ou aquele erro…” 
Quem somos nós para dizer a maneira como Deus julgará a cada um?
Uma coisa sabemos, a Bíblia nos mostra (em várias situações) que a “barriga de peixe” de cada um na vida, é do tamanho da “dureza do coração” de cada um na vida.

Preparou, pois, o Senhor um grande peixe, para que tragasse a Jonas; e esteve Jonas três dias e três noites nas entranhas do peixe (barriga do peixe).” (Jonas 1.17)

“Este povo maligno, que recusa ouvir as minhas palavras, que caminha segundo dureza do seu coração, e anda após deuses alheios, para servi-los, e inclinar-se diante deles, será tal como este cinto, que para nada presta.” (Jeremias 13.10)

“Dizem continuamente aos que me desprezam: O Senhor disse: Paz tereis; e a qualquer que anda segundo a dureza do seu coração, dizem: Não virá mal sobre vós.” (Jeremias 23.17)

  “Eu também andei para com eles contrariamente, e os fiz entrar na terra dos seus inimigos; se então o seu coração incircunciso se humilhar, e então tomarem por bem o castigo da sua iniqüidade” (Levítico 26.41)

“E te lembrarás de todo o caminho, pelo qual o Senhor teu Deus te guiou no deserto estes quarenta anos, para te humilhar, e te provar, para saber o que estava no teu coração, se guardarias os seus mandamentos, ou não.
E te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conheceste, nem teus pais o conheceram; para te dar a entender que o homem não viverá só de pão, mas de tudo o que sai da boca do Senhor viverá o homem. Nunca se envelheceu a tua roupa sobre ti, nem se inchou o teu pé nestes quarenta anos. Sabes, pois, no teu coração que, como um homem castiga a seu filho, assim te castiga o Senhor teu Deus.”  (Deuteronômio 8:2,3,4,5)

Cada um vive a luta que vai transformar seu próprio caráter.
E por que?
Porque Deus é o Pai que sabe educar melhor. Ele sabe tudo, Ele é Perfeito.
Não mudaremos a Deus (que é Perfeito).
Quem tem que mudar somos nós (que somos imperfeitos).
Ele tinha razão, Ele tem razão, e Ele sempre terá razão em tudo, para todo o sempre.
Todos nós prestaremos contas a Ele.
Então, como estão as coisas na sua vida?
Estás vivendo de acordo com a vontade dEle?
Que cada um sonde seu próprio coração e sua própria vida.
A escolha que o nosso irmão (ou nossa irmã) está fazendo, não é problema nosso, pois cada um dará conta de si mesmo diante de Deus.
Eu estou correndo atrás de ser fiel e de agradar a Deus diariamente, correndo atrás de OBEDECER… isso já é um desafio suficiente para me ocupar MUITO em todos os meus dias. Que cada um possa “correr atrás” também.
Queremos ajudar ao próximo?
Ou queremos julgar ao próximo?
Só podemos ajudar os outros se já somos livres.
Você é livre?
Ou você ainda serve ao mundo, ao humanismo (antropocentrismo), e as suas próprias vontades?
Como existem “crentes-humanistas” hoje em dia…
Eu mesma demorei muito para ser livre do “humanismo-gospel”, mas hoje eu sou livre!
Hoje, eu não sou uma crente-humanista, sou uma crente-teocentrista!
O crente-humanista coloca a sua própria felicidade na frente de Deus.
O crente-teocentrista coloca Deus na frente da sua própria felicidade.
A nossa felicidade não é mais importante do que obedecer e agradar a Deus.
Obedecer a Deus, fazer a vontade dEle, é mais importante que satisfazer as nossas vontades e a nossa felicidade.
Por que?
Porque aqui nessa dimensão da vida terrena tudo vai acabar rápido (já está acabando todos os dias…) porém, há uma eternidade que nos aguarda.
A eternidade é mais real do que a Terra (dimensão temporal).
A morte física (que leva para a eternidade) é bem real! Se você já perdeu alguém que você amava, sabe que é verdade.
A eternidade é real.
Na eternidade não haverá como escondermos de Deus SE realmente O obedecemos ou não. Ele saberá exatamente quem O obedeceu, e quem não O obedeceu.
É isso que importa gente.
É isso que importa.
Não importa o que os outros pensam.
Não importa o que acontecer “fora” da gente.
Importa o que está acontecendo “dentro” = importa se nós estamos obedecendo a Ele ou não.
Esse “lugar” dentro de nós (da obediência) não é visível para mais ninguém!
Somente para DEUS.
Só Deus sabe quem está sendo realmente fiel a vontade e ao comando dEle.
Vencer, é vencer POR DENTRO.
Ser livre, é ser livre POR DENTRO.
É tudo POR DENTRO.
O “passaporte” para a eternidade é POR DENTRO.
Temos que nos preocupar é com isso (com a nossa própria fidelidade a Deus).
Por que?
Porque não adianta ter aceitado a Cristo, estar frequentando uma Igreja, e ler a Bíblia… se POR DENTRO ainda existir o “humanismo-gospel” em você (do tipo):
“Deus tem o melhor PRA MIM… (o que eu quero que Ele faça)!”
“Eu quero o MEU milagre… (aquilo que EU determinei)”
“Eu quero a MINHA vitória… (a MINHA vontade realizada)”
“Minha oração move a mão de Deus… (Porque Deus fará o que EU QUERO)”

Aé crente? Então qual é a sua motivação?
Você quer fazer o que você quer, ou o que Deus quer?
Peça pra Ele te mostrar a verdadeira motivação que está dentro de você, porque se você não enxergar, não vai mudar!
E se não mudar, se não mudar… você vai fraquejar e lá na frente, vai cair.
Fazer o que você quer é o caminho para FRAQUEJAR.
Porém, rejeitar a sua vontade (e fazer a vontade de Deus) é (além de obediência) o caminho para SER FORTE.
Não importa o que os outros pensam.
Não importa o que acontecer “fora” de você.
Importa o que está acontecendo “dentro” = importa se você está obedecendo a Ele ou não.
Temos que nos preocupar é com isso.
Por que?
Porque muitos crentes, homens e mulheres que foram grandes nomes na história bíblica, grandes líderes (antigos e também atuais) que realizaram grandes feitos na Terra, um dia fraquejaram na motivação, amaram mais o mundo (e as suas vontades) do que a Deus, e assim caíram…
Caíram porque tiraram o foco da obediência, e colocaram o foco na própria felicidade…
Isso é humanismo (antropocentrismo = o homem no centro) e é contrário ao teocentrismo (Deus no centro de tudo).
Qual é a coisa mais importante da vida cristã?
Você ou Deus?
A sua vontade ou a vontade de Deus?
A coisa mais importante da vida cristã é: Fazer a vontade de Deus.
Porque, quem não fizer, quem não fizer irmãos… será BARRADO no céu!
Barrado! Não poderá entrar!
Quem disse isso?
Jesus Cristo disse isso em Mateus 7.21:

“Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! (meu Dono, meu Dono) entrará no reino dos céus (nem todo crente), mas (entrará) aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.”
(Mateus 7:21)

Jesus já deixou avisado e escrito pra ninguém reclamar quando acontecer de ser “barrado”.
Portanto, ninguém conseguirá “enganar” o “Porteiro celestial” e dar um jeito de “entrar” sem a Sua “autorização”. Ele saberá quem realmente O obedeceu, e quem não o obedeceu.
Não tem jeito. A PORTA É estreita:

“Porfiai por entrar pela porta estreita; porque eu vos digo que muitos procurarão entrar,
e não poderão. Quando o pai de família (Deus) se levantar e cerrar (fechar) a porta, e começardes, de fora, a bater à porta, dizendo: Senhor, Senhor (meu Dono, meu Dono), abre-nos; e, respondendo ele, vos disser: Não sei de onde vós sois; Então começareis a dizer: Temos comido e bebido na tua presença, e tu tens ensinado nas nossas ruas. E ele vos responderá: Digo-vos que não vos conheço nem sei de onde vós sois; apartai-vos de mim, vós todos os que praticais a iniqüidade. Ali haverá choro e ranger de dentes (inferno), quando virdes Abraão, e Isaque, e Jacó, e todos os profetas no reino de Deus, e vós (vocês forem) lançados fora (do reino de Deus). E virão do oriente, e do ocidente, e do norte, e do sul, e assentar-se-ão à mesa no reino de DeusE eis que derradeiros (últimos) há que serão os primeiros; e primeiros há que serão os derradeiros.” (Lucas 13:25-30)

Discordou?
Achou errado?
Então, infelizmente, você ainda é um crente-humanista.
Não sabe como deixar de ser humanista?
Quer deixar de ser um crente-humanista?

Veja: https://www.youtube.com/watch?v=Bbq2-2Uvvu4

Que Deus te conduza no caminho e na porta estreita,
Paz, Pastora Sarah Sheeva

Sonho que tive na primeira noite de 2016

Feliz 2016 a todos!
Quero aproveitar para compartilhar com vocês esse sonho espiritual que tive hoje, na primeira noite do ano, e que acredito que seja uma mensagem para todas as igrejas.
Compartilhem com os amigos.
Paz, Pastora Sarah Sheeva
01.01.2016

Link dos 2 textos citados aqui no vídeo:

1) http://blogsarahsheeva.com/2011/05/18/cada-show-um-culto-disfarado-3/
2) https://sarahsheeva.wordpress.com/2012/10/28/o-que-tem-tocado-ai-dentro-deste-templo/

 

 

Tiraram Deus da vida deles…

Cristo redentor e liberdade

Muitos brasileiros sonham em morar nos Estados Unidos… muitos brasileiros amam a cultura dos Estados Unidos… e muitos brasileiros supervalorizam e consideram os Estados Unidos um “modelo” de nação…
Sendo assim, como eu mesma já ouvi um pastor americano dizer (em uma conferência aqui no Brasil) também acredito no que ele disse:

“Se vocês (brasileiros) continuarem nos imitando em tudo, então passarão a ter os mesmos problemas que nós temos…”

Quando estive a primeira vez nos Estados Unidos foi na minha adolescência, para passear com a família. Na época eu não era cristã. Muitos anos depois, já transformada (e ministra do Evangelho) estive ali novamente para ministrar em algumas igrejas brasileiras. Então ouvi muitos relatos dos crentes brasileiros, coisas do tipo:

“A igreja brasileira aqui não prospera…”
“Brasileiro que frequenta igreja brasileira aqui, só fica até aprender o idioma, depois que aprende, vai para igreja americana…”
“Muitos brasileiros vem para cá deixando família e parentes para trás (no Brasil), e isso em busca de melhorar de vida e voltar, mas ao melhorarem de vida, eles abandonam a Deus, a igreja, e as vezes até a família…”
“As igrejas daqui são muito frias…”
Perdi a conta de quantas vezes ouvi declarações desse tipo.
Coisas que mostram um pouco do choque cultural que acontece quando um brasileiro (acostumado com uma vida instável economicamente, acostumado a “matar um leão por dia”) entra em contato com a cultura americana, onde não é necessário “matar um leão por dia” para sobreviver… pelo menos não como temos que “matar” NO Brasil…
Os problemas da nação americana são diferentes dos nossos.
Na economia, eles não tem tanta desigualdade. E se você já esteve lá a passeio ou residência, sabe: eles são excelentes em tudo, ou quase tudo o que fazem. Muito inteligentes, a cultura deles revela que sempre pensam no bem comum, no conforto comum, e em muitas alternativas praticas. Podemos ver que, para eles, tempo é dinheiro, pois são muito práticos. Seus produtos nos impressionam, não apenas pela qualidade, mas pelas excelentes ideias… são cheios de ideias inovadoras…
Lá, meu passeio favorito é sempre o supermercado! Uma diversão… e uma ótima maneira de observar a cultura local em seus pequenos detalhes.
Enquanto no estilo de vida prática a nação americana é tão eficiente e tão boa para se viver, no plano espiritual, eles tem muito mais problemas que o Brasil.
As batalhas deles são bem mais acirradas que as nossas, e aparentemente, os “territórios” espirituais conquistados pela Igreja são bem menores em comparação a nação brasileira.
Um exemplo gritante disso é o avanço do satanismo nos Estados Unidos, chega a ser absurdo.

images (6)Vejam essas matérias que saíram na mídia mundial recentemente:

Ação de satanistas impede orações em conselhos

Ativistas conquistaram na justiça “direitos iguais”
Desde a inauguração da estátua de Bafomete por um grupo de Nova York, o satanismo passou a ser visto com outros olhos nos Estados Unidos. Usando como justificativa legal a liberdade de culto e o direito de expressar sua “fé”, satanistas estão conseguindo impedir as orações cristãs.
Durante muitos anos foi um hábito iniciar reuniões do governo com uma oração a Jesus em várias cidades. Agora, Chaz Stevens, um ativista que afirma ao mesmo tempo ser ateu e satanista, conseguiu que os políticos de Coral Springs, na Flórida, simplesmente banissem a oração das cerimônias oficiais.
O prefeito da cidade, Skip Campbell, explicou que prefere isso a garantir que o nome de Satanás seja invocado. “Eu não acho que os nossos cidadãos seriam favoráveis a invocações satânicas antes das reuniões do Conselho”, justificou o prefeito ao jornal Sun Sentinel.
Stevens ganhou na justiça o direito de invocar o diabo toda vez que uma reunião pública fosse iniciar com uma oração a Deus. Ele alega que a mudança revela “discriminação religiosa”.
“Meu projeto se chama Satanás ou silêncio. Isso resume tudo”, disse Chaz ao Sentinel. Está totalmente baseado na decisão da Suprema Corte em 2014, a qual aprovou que as reuniões do governo poderiam incluir uma oração.
Os satanistas conseguiram vitórias parecidas na cidade de Deerfield Beach, Florida, ano passado. Na Carolina do Norte, um muçulmano conseguiu o direito de invocar Alá e no Alabama, uma bruxa Wica recebeu autorização para fazer um encantamento antes de uma reunião do conselho da cidade.
Os ativistas satanistas afirmam que levam a sério seu projeto e entrarão com processos pedindo direitos iguais em todas as reuniões com autoridades do governo que desejam ter um momento de oração.
Leia na fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/satanistas-impede-oracoes-conselhos/

Escultura de Satanás é exibida em cerimônia secreta nos EUA
O grupo tentará expor o monumento ao lado de uma placa com os 10 mandamentos em Oklahoma.
O “Satanic Temple” (Templo Satânico) vai realizar uma cerimônia secreta para exibir a escultura de satã, uma obra 2,59 metros de altura que mostra um homem com cabeça de bode sentado em um trono tendo um menino e uma menina de cada lado.
A exibição da escultura acontecerá em Detroit, mas o local e a data serão mantidos em segredo e apenas pessoas convidadas terão acesso.
O primeiro local procurado para receber o evento precisou recusar a proposta após receber ameaças, o dono de um popular restaurante e complexo de entretenimento ficou com medo das mensagens que recebeu.
O grupo Templo Satânico arrecadou mais de 28 mil dólares através do crowd-funding para construir essa estátua feita por um artista plástico que utilizou um molde que já estava pronto para construir o monumento em bronze.
O objetivo de construir essa estátua é provar que nos Estados Unidos o Estado não é laico, após o lançamento o grupo tentará colocar o monumento satânico em um local público assim como há símbolos cristãos.
Antes de decidir fazer a estátua, o grupo tentou retirar uma estátua religiosa que mostrava os Dez Mandamentos e como não conseguiram, eles tentarão colocar a imagem de satã ao lado desse monumento no estado de Oklahoma. Com informações G1
Leia na fonte: http://noticias.gospelprime.com.br/escultura-de-satanas-cerimonia-secreta/
……………………………………………………………………………………………………………………………….
E porque o satanismo avançou tanto nos EUA?
Assim como certa vez li em um texto da filha de Billy Graham, também acredito que, sutilmente, a nação não percebeu que… “tiraram Deus da vida deles…”

Conta-se que Anne Morrow Graham Lotz (filha de Billy Graham) estava sendo entrevistada no “Early Show” (na época que ocorreu o atentado de 11 de Setembro dos EUA), quando a apresentadora Jane Clayson lhe perguntou:
“Como DEUS permitira que algo tão terrível assim acontecesse no dia 11 de setembro de 2001?”
E Anne Graham deu uma resposta profunda e esclarecedora.
Ela disse:
“Eu creio que DEUS ficou profundamente triste com o que aconteceu, tanto quanto nós. Por muitos anos nós temos dito para DEUS não interferir em nossas escolhas, sair do nosso governo e sair de nossas vidas. Sendo um cavalheiro como DEUS é, eu creio que Ele calmamente nos deixou. Como poderemos esperar que DEUS nos dê a Sua bênção e Sua proteção se nós exigimos que Ele não se envolva mais conosco? À vista dos acontecimentos recentes, ataque dos terroristas, tiroteio nas escolas, etc.
– Eu creio que tudo começou desde que Madalyn Murray O’Hair, uma ateísta, se queixou de que era impróprio fazer orações nas escolas americanas como se fazia tradicionalmente, e nós concordamos com a sua opinião.
– Depois disso, alguém disse que seria melhor também não ler mais a Bíblia nas escolas… A Bíblia que nos ensina que não devemos matar, não devemos roubar, e devemos amar o nosso próximo como a nós próprios. E nós concordamos.
– Logo depois, o Dr. Benjamin Spock disse que não deveríamos corrigir nossos filhos quando eles se comportassem mal, porque suas personalidades em formação ficariam distorcidas e poderíamos prejudicar sua autoestima . E nós dissemos: “um perito nesse assunto deve saber o que está falando”, e concordamos com ele. O filho do Dr. Spock depois cometeu suicídio.
– Depois alguém disse que os professores e os diretores das escolas não deveriam disciplinar os nossos filhos quando eles se comportassem mal. Os administradores escolares então decidiram que nenhum professor em suas escolas deveria tocar em um aluno quando se comportasse mal, porque não queriam publicidade negativa, e não queriam ser processados. (Há uma grande diferença entre disciplinar e tocar, corrigir, dar socos, humilhar e chutar, etc.) E nós concordamos com tudo.
– Aí alguém sugeriu que deveríamos deixar que nossas filhas fizessem aborto, se elas assim o quisessem, e que nem precisariam contar aos pais. E nós aceitamos essa sugestão sem ao menos questioná-la.
– Em seguida algum membro da mesa administrativa escolar muito sabido, disse que, como rapazes serão sempre rapazes, e que como homens iriam acabar fazendo o inevitável, que então deveríamos dar aos nossos filhos tantas camisinhas quantas eles quisessem, para que eles pudessem se divertir à vontade, e que nem precisaríamos dizer aos seus pais que eles as tivessem obtido na escola. E nós dissemos, “está bem”.
– Depois alguns dos nossos políticos mais importantes disseram que não teria importância alguma o que nós fizéssemos em nossa privacidade, desde que estivéssemos cumprindo com os nossos deveres. Concordando com eles, dissemos que para nós não faria qualquer diferença o que uma pessoa fizesse em particular, incluindo o nosso presidente da República, desde que o nosso emprego fosse mantido e a nossa economia ficasse equilibrada.
– Então alguém sugeriu que imprimíssemos revistas com fotografias de mulheres nuas, e disséssemos que isto é uma coisa sadia, e uma apreciação natural da beleza do corpo feminino . E nós também concordamos.
– Depois uma outra pessoa levou isto a um passo mais adiante e publicou fotos de crianças nuas e foi mais além ainda, colocando-as à disposição na Internet. E nós dissemos, “está bem, isto é democracia, e eles têm direito de ter a liberdade de se expressar e fazer isso”.
– A indústria de entretenimento então disse: “Vamos fazer shows de TV e filmes que promovam profanação, violência e sexo ilícito. Vamos gravar música que estimule o estupro, drogas, assassínio, suicídio e temas satânicos.” E nós dissemos: “Isto é apenas diversão, e não produz qualquer efeito prejudicial. Ninguém leva isso a sério mesmo, então que façam isso!”
– Agora nós estamos nos perguntando por que nossos filhos não têm consciência, e por que não sabem distinguir entre o bem e o mal, o certo e o errado, por que não lhes incomoda matar pessoas estranhas ou seus próprios colegas de classe ou a si mesmos… Provavelmente, se nós analisarmos tudo isto seriamente, iremos facilmente compreender que nós estamos colhemos exatamente aquilo que temos semeado! ”
Fonte: breaking the chain
Fonte: http://olharcristao.blogspot.com.br/2008/10/visao-de-anne-graham-sobre-o-11-de.html

Ateu criancaEu particularmente acredito nesse relato da Anne Graham, acredito que essa tem sido a razão pelo qual as batalhas espirituais nessa nação (EUA) sejam bem mais complexas. E fico pensando em como nós brasileiros ainda temos preservado certos princípios. Temos como cartão postal da nossa nação (Brasil) a cidade (tema até de filme) Rio de Janeiro, que tem como ponto central um monumento cristão! A estátua do Cristo Redentor é, sem duvida, um símbolo da fé dessa nação. Não temos (por enquanto) por aqui nenhum grupo exigindo “direitos iguais” de colocarem um monumento satânico da mesma proporção do Cristo Redentor… afinal, ainda somos uma nação que não relativiza o bem e o mal, pelo menos a maioria de nosso povo ainda aceita que DEUS é BOM, e o diabo é mau.
Mas de fato, se continuarmos “imitando” as nações estrangeiras em tudo que elas fazem, corremos sim os mesmos perigos que elas.
O Brasil tem sobre si muitas palavras proféticas para os últimos dias… mas também precisamos saber que junto com essas palavras, vem muitas lutas e resistências espirituais.
Toda nação que chega em um momento de economia estável, de tranquilidade e de sossego… geralmente se esfria com Deus.
Mas nós não podemos permitir que isso aconteça conosco.
Que Deus nos ajude a não precisarmos estar sempre em “crise” para buscarmos Sua Face… e mais ainda: que Deus nos livre de nos tornar uma nação que, por ter uma economia estável algum dia, O abandone!
Sobre isso, faço eu essa oração:
“Livra-nos Senhor! Se o único meio de continuar firme for sempre tendo lutas, que assim seja. Mas se houver um meio do teu povo viver bem e continuar firme, nos conduza a isso Senhor! Pai Celestial, muda o coração do Teu povo, e abra os nossos olhos! Não nos deixe viver para nós mesmos, mas ensina-nos o caminho certo, o caminho de sermos seus SERVOS, para então nos tornarmos seus FILHOS.”

Deixo com vocês as palavras do nosso Dono:
(Disse Jesus)
“Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto.
Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna.
Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.”

(João 12:24-26)
Paz, Sarah Sheeva
01.10.15

“Cinquenta tons de…” 11 sinais que você pode estar namorando um sociopata!

Artigo 50 tons de mula

Muitos irmãos estão me pedindo para falar desse filme, mostrando minha desaprovação ao que, tanto ele quanto o livro que o originou, inserem na mente das pessoas. Nesses dias fiz um post de humor em minha página do Facebook, que para a minha surpresa e de muitos seguidores da página, revelou a situação de muitos (que se dizem cristãos, mas) que leram tal literatura (considerada pelos críticos como pornografia e literatura barata). Link da postagem do Facebook: https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=778132978908364&id=167117100009958
O filme “Cinquenta Tons de Cinza” é uma ficção, não é uma historia real, porém, como quase todas as formas de artes e de entretenimento audio visual, filmes “ministram” as pessoas. Ou seja, filmes inserem na mente das pessoas novos conceitos e novas crenças de forma sutil.
Uma mente feminina carente tende a ser uma mente sonhadora com relação a filmes e historias, e atrás desse recurso da carência e da insegurança feminina, filmes (e livros) como a saga Crepúsculo, exploraram essa tendência sonhadora (e fantasiosa) das mulheres inseguras. A principal cultura (sutilmente) inserida na mente das mulheres é: confundir o certo e o errado, dizendo que o MAL pode vir a ser BOM para elas. Essa é a “mensagem subliminar” de todos esses livros e filmes, que eu particularmente considero, filmes próprios do fim dos tempos.
Sendo assim, quero compartilhar com vocês dois artigos que encontrei na internet nesses dias, que me foram de grande valia, pois falam bastante do que penso e acredito acerca de relacionamentos doentios e prejudiciais, e sobre esse livro e filme bizarro.
Falando em relacionamentos destrutivos, hoje li uma noticia de uma tragédia horrível que aconteceu em SP: uma mulher e seus dois bebês gêmeos de meses foram assassinados a mando do próprio pai dos bebês, que era amante da mãe (o homem era 20 anos mais velho, casado, e tinha filhos). Pelo que parece, a mulher assassinada aceitou se relacionar com esse homem casado (20 anos mais velho e com filhos), engravidou dele e teve gêmeos, e, como normalmente acontece, ela quis que ele assumisse a paternidade, o que ele não quis. Resultado: entre a amante e a mulher, ele escolheu a mulher. E como a amante deve ter ameaçado contar, tanto ela, como os dois bebês, morreram. Uma desgraça. (Oremos por essa família, para que Deus os console). Link da notícia: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/02/1591033-mae-e-dois-filhos-gemeos-sao-assassinados-suposto-pai-e-o-suspeito.shtml
Ler uma notícia dessas, um caso real, enquanto um filme de ficção que promove a violência à mulher, e o desrespeito à mulher se torna um “sucesso” de bilheteria em meu país, não é fácil. Em um tempo onde a distorção de valores está tão grande que “Cinquenta Tons de Cinza” está sendo considerado (até por pessoas que se dizem crentes!) uma forma saudável de “amor”, entendemos porque está cada vez maior o número de tragédias envolvendo histórias sentimentais. Mas diferente dos filmes, na vida real, as mulheres que se envolvem com sociopatas e psicopatas estão constantemente sofrendo, e as vezes, estão morrendo mesmo.
Precisamos ensinar as mulheres a não se envolverem com sociopatas ou psicopatas.
Então, compartilho com vocês esses dois textos:
1) Sobre a carta de uma Psiquiatra denunciando os “ensinos” desse filme.
2) Sobre um estudo de 11 sinais de que um homem pode ser um sociopata.

1
A carta de uma psiquiatra sobre ´´Cinquenta Tons de Cinza´´  
Por Miriam Grossman

Não há nada de cinza sobre os 50 tons de cinza. É tudo preto.
Deixe-me explicar.
Eu ajudo pessoas que estão quebradas por dentro. Ao contrário dos médicos que utilizam raios X ou exames de sangue para determinar porque alguém está com dor, as feridas que me interessam estão ocultas.
Faço perguntas, e ouço atentamente as respostas.
É assim que eu descubro porque a pessoa na minha frente está “sangrando”.
Anos de escuta atenta me ensinaram muito.
Uma coisa que eu aprendi é que: os jovens são totalmente confusos sobre o amor – para achá-lo, e mantê-lo. Eles fazem escolhas erradas e acabam sofrendo muito.
Eu não quero que você sofra como as pessoas que vejo em meu escritório, por isso estou avisando sobre um novo filme chamado “Cinquenta Tons de Cinza”. Mesmo se você não ver o filme, sua mensagem tóxica está se infiltrando na nossa cultura, e poderia plantar idéias perigosas em sua cabeça.
“Cinquenta Tons de Cinza” está sendo lançado no Dia dos Namorados, então você vai pensar que é um romance… mas não caia nessa.
O filme é realmente sobre uma relação doentia e perigosa, preenchido com abuso físico e emocional. Parece “glamouroso”, porque os atores são lindos, têm carros caros, e aviões (e Beyonce está cantando). Você pode concluir que Christian e Ana (os personagens do filme) são legais, e que o relacionamento deles é aceitável.
Mas não se permita ser manipulado! As pessoas por trás do filme só querem o seu dinheiro; eles não se preocupam nem um pouco com você ou seus sonhos.
Abuso não é glamouroso ou legal. Nunca é Ok, sob quaisquer circunstâncias.
Isto é o que você precisa saber sobre “Cinquenta Tons de Cinza”:
Christian Grey (personagem central do filme) foi terrivelmente negligenciado quando era uma criança. Ele está confuso sobre o amor, porque ele nunca experimentou a coisa real. Em sua mente, o amor está emaranhado com sentimentos ruins, como dor e com o constrangimento. Christian gosta de machucar mulheres de formas bizarras. Anastasia (a outra personagem) é uma menina imatura que se apaixona pelos olhares e pela riqueza de Christian, e segue totalmente os seus desejos.
No mundo real essa história acabaria mal, com Christian na cadeia e Ana em um abrigo – ou no necrotério… Ou Christian continuaria batendo em Ana, e ela sofreria como nunca.
De qualquer maneira, as suas vidas não seriam um conto de fadas. Acredite em mim. Como médica, estou lhe pedindo: não assista “Cinquenta Tons de Cinza”. Se informe, conheça os fatos e explique aos seus amigos por que eles não devem assistir também.
Aqui estão algumas das ideias perigosas (mentiras que serão inseridas em sua mente inconsciente) promovidas em “Cinquenta Tons de Cinza”:

  • A mentira -> As meninas querem caras como Christian: Grosseiro e que mande nela.
    A verdade -> Não! Uma mulher psicologicamente saudável evita dor. Ela quer se sentir segura, respeitada e cuidada por um homem que ela pode confiar. Ela sonha com vestidos de casamento, não algemas.
  • A mentira -> Homens querem uma garota como Anastasia: Calma e insegura.
    A verdade -> Errado. Um homem psicologicamente saudável quer uma mulher que sabe se defender por si mesma. Ele quer uma mulher que o corrija quando ele sair da linha.
  • A mentira -> Anastasia exerce livre escolha quando ela consente em ser machucada, então ninguém pode julgar a sua decisão.
    A verdade -> Lógica falha. Claro, Anastasia tinha livre escolha – e ela escolheu mal. A decisão auto-destrutiva é uma má decisão (péssima escolha).
  • A mentira -> Anastasia faz escolhas sobre Christian de forma racional e distante.
    A verdade – > Duvidoso. Christian constantemente serve Anastasia com álcool, prejudicando seu julgamento. Além disso, Anastasia se torna sexualmente ativa com Christian – sua primeira experiência – logo após conhecê-lo. (O sexo é uma experiência poderosa – particularmente na primeira vez). Finalmente, Christian manipula Anastasia para assinar um acordo que a proíbe de falar a alguém que ele é um abusador. Álcool, sexo e manipulação – dificilmente seriam os ingredientes de uma decisão racional.
  • A mentira -> Os problemas emocionais de Christian são curados pelo amor de Anastasia.
    A verdade -> Apenas em um filme. No mundo real, Christian não mudaria de forma significativa.
    Se Anastasia quisesse ajudar pessoas emocionalmente perturbadas, ela deveria ter se tornado uma psiquiatra ou uma psicóloga. (Sarah sugere: ou levá-lo a uma sessão de libertação com a Pra. Neuza Itioca!)

A principal questão é que as idéias de “Cinquenta Tons de Cinza” (a cultura que esse filme insere, os conceitos e as práticas) são perigosas e podem levar à confusão e más decisões sobre o amor.
Existem grandes diferenças entre os relacionamentos saudáveis e não-saudáveis, mas o filme borra essas diferenças (confunde e mistura), de modo que você começa a se perguntar: “o que é (realmente) saudável em um relacionamento? O que é doentio? Há tantos tons de cinza … Eu não tenho certeza…”
Ouça, é da sua segurança e do seu futuro que estamos falando aqui. Não há margem para dúvidas: uma relação íntima que inclui violência, consensual ou não, é completamente inaceitável.
É preto e branco. Não existem tons de cinza aqui. Nem mesmo um.

Fonte: Megmeekermd traduzido e adaptado por Psiconlinews
– See more at: http://www.psiconlinews.com/2015/02/a-carta-de-uma-psiquiatra-sobre.html#sthash.2P9rCaFY.dpuf

2
11 sinais de que você pode estar namorando um sociopata:

Será que aquela pessoa incrível que você ou alguém próximo a você começou a namorar pode na realidade ser um sociopata? Essa situação não é tão improvável quanto você imagina. Aproximadamente um em cada 25 americanos é sociopata, segundo a psicóloga de Harvard, a Dra. Martha Stout, autora do livro The Sociopath Next Door (O Sociopata Que Mora Ao Lado). Obviamente, nem todos os sociopatas são criminosos perigosos. Mas com certeza podem dificultar bastante a vida, dado que uma das características da sociopatia é o comportamento anti-social.

Veja a seguir 11 SINAIS DE ALERTA de que uma pessoa pode ser sociopata:

– SINAL DE ALERTA No. 1- Ter um ego exagerado.
O Manual de Diagnóstico e Estatísticas das Doenças Mentais (DSM-V) destaca que os sociopatas tem uma percepção exagerada de si mesmos. São narcisistas ao extremo, com um enorme sentimento de merecimento, escreveu o Dr. Seth Meyers, psicólogo clínico do Departamento de Saúde Mental do Município de Los Angeles, no site Psychology Today. Eles tendem a culpar os outros pelas próprias falhas.

– SINAL DE ALERTA No. 2 – Mentir e exibir um comportamento manipulativo.
Os sociopatas costumam enganar e manipular com frequência. Por quê? “Mentem por mentir. Mentem só para ver se conseguem enganar as pessoas. E às vezes contam mentiras maiores que terão efeitos maiores”, disse o Dr. Stout à Interview Magazine.

– SINAL DE ALERTA No. 3 – Demonstram uma falta de empatia.
“Essas pessoas não tem um mundo interior emocional significativo como a maioria das pessoas têm e talvez por causa disso não conseguem de fato imaginar ou ter a dimensão do mundo emocional das outras pessoas”, segundo relato de M. E. Thomas, diagnosticado como sociopata e autor do livro Confessions Of A Sociopath (Confissões De Um Sociopata), à radio NPR. “É algo que eles desconhecem por completo.”

– SINAL DE ALERTA No. 4 – Não sentem remorso ou vergonha.
O Manual DSM-V explica que o transtorno de personalidade anti-social indica que os sociopatas não sentem remorso, culpa ou vergonha.

– SINAL DE ALERTA No. 5 – Mantêm uma tranquilidade assustadora em situações de medo ou perigo.
Um sociopata talvez não demonstre ansiedade após um acidente de carro, por exemplo, disse M.E. Thomas. E pesquisas mostraram que enquanto pessoas normais demonstram medo quando vêem imagens perturbadoras ou são ameaçadas com choques elétricos, mas em geral os sociopatas não sentem isso.

– SINAL DE ALERTA No. 6 – Comportamento irresponsável ou extremamente impulsivo.
Sociopatas mudam rapidamente de objetivo para objetivo e agem no calor do momento, segundo o Manual DSM. Eles podem ser irresponsáveis com as finanças e obrigações.

SINAL DE ALERTA No. 7 – Têm poucos amigos.
Os sociopatas tendem a não ter amigos – pelo menos não amigos verdadeiros. “Os sociopatas não querem amigos, a não ser que precisem deles. Ou então todos os amigos têm apenas uma conexão superficial com eles, são amigos por associação”, afirmou o psicoterapeuta Ross Rosenberg, autor do livro The Human Magnet Syndrome (A Síndrome Do Imã Humano), ao The Huffington Post.

– SINAL DE ALERTA No. 8 – São encantadores – mas apenas superficialmente.
Os sociopatas podem ser muito carismáticos e simpáticos – pois sabem que vai ajudá-los a conseguir o que querem. “Eles são exímios vigaristas e sempre têm segundas intenções”, explicou Rosenberg. “As pessoas ficam tão surpresas quando descobrem que alguém é um sociopata porque conseguem encaixar-se muito bem no ambiente. São mestres na arte do disfarce. A principal ferramenta que usam para impedir que sejam descobertos é a criação de uma personalidade superficial”.
Como M.E. Thomas descreveu em um post para o site Psychology Today: “Se me conhecesse, gostaria de mim. Eu tenho o tipo de sorriso que é comum vermos em personagens de programas de TV e que são raros na vida real, com dentes perfeitos e brilhantes, capaz de expressar um sentimento agradável”.

– SINAL DE ALERTA No. 9 – Viver segundo o “princípio do prazer”.
“Se a coisa é prazerosa e eles conseguem evitar as consequências, eles o farão! Eles vivem a vida de forma acelerada – sempre de maneira extrema – buscando estímulos, excitação e prazer de qualquer maneira que conseguirem”, escreveu Rosenberg em Human Magnet Syndrome.

– SINAL DE ALERTA No. 10 – Demonstrar desrespeito pelas normas da sociedade.
Eles desrespeitam as regras e leis porque não acreditam que as regras da sociedade se aplicam a eles, escreveu o psiquiatra Dr. Dale Archer em um blog do Psychology Today.

SINAL DE ALERTA No. 11 – Ter um olhar “intenso”.
Os sociopatas não têm problema nenhuma em manter o contato olho no olho sem interrupção. “A incapacidade de desviar o olhar de maneira educada também é considerada como sendo agressiva ou sedutora”, M.E. Thomas escreveu para o site Psychology Today.

Fonte: Brasil Post – See more at: http://www.psiconlinews.com/2015/02/11-sinais-de-que-voce-pode-estar.html#sthash.BxC3HZf2.dpuf
………………………………………………………….

Penso que essas duas postagens que compartilhei são evidentemente interligadas.
E para quem gostaria de saber, eu nunca li, e nem vi esse filme (e nem verei). Tudo que sei sobre ele foi lendo a respeito, e uma coisa eu sei bem: Deus não aprova pornografia.
A nossa sexualidade é somente para a intimidade com nosso cônjuge, somente para o casamento, e a pornografia leva as pessoas a verem “outras” em cenas de sexo, algo que as leva a “cobiçar” outros, e automaticamente a pecar:
O Senhor Jesus nos falou sobre isso em Mateus 5.27 a 30:
“Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério.

Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela.
Portanto, se o teu olho direito te escandalizar, arranca-o e atira-o para longe de ti; pois te é melhor que se perca um dos teus membros do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.
E, se a tua mão direita te escandalizar, corta-a e atira-a para longe de ti, porque te é melhor que um dos teus membros se perca do que seja todo o teu corpo lançado no inferno.” (Mateus 5:27-30)

A nossa sexualidade precisa ser santa. E a pornografia destrói a santidade. Fuja da pornografia.
Fuja desse filme, fuja desse tipo de literatura, e desse tipo de entretenimento maligno.
Não permita que o engano da carnalidade tire você da santidade do Senhor.
Abra mão das coisas malignas, mesmo que hoje elas te deem prazer, deixe-as, morra para elas, morra para as suas vontades pecaminosas.
Quem não morre nas coisas “pequenas”, não será capaz de se manter firme até o fim, quando nos fim dos tempos nos obrigarem a negar o Senhor, como vamos resistir? Quem não “treina” negar a si mesmo em coisas pequenas, não conseguirá vencer em coisas maiores e mais difíceis, quando o fim chegar.
Precisamos estar prontos para abrir mão de tudo POR JESUS. Os sinais do fim são cada vez mais fortes. Precisamos estar prontos, preparados.
Nesse preparo, a obediência é a principal característica da Santidade.
Vamos obedecer a Deus, assim como o Senhor Jesus obedeceu para nos salvar do inferno:

“De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus,
Que, sendo em forma de Deus, não teve por usurpação ser igual a Deus,
Mas esvaziou-se a si mesmo, tomando a forma de servo, fazendo-se semelhante aos homens;
E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz.”
(Filipenses 2:5-8)

“Mas aquele que perseverar até ao fim, esse será salvo.” (Mateus 24:13)
Paz, Sarah Sheeva
18.02.15

Sexo e Transferências de espíritos?

ca506753538e615655031b60775d5c30b94e4ae6

Nessa semana houve uma polêmica bem interessante nas redes sociais envolvendo uma frase postada em meu twitter em 2010. Na frase falava sobre as transferências de espíritos através do ato sexual, sobre homossexualidade, e também sobre as vontades que essas transferências podem gerar nas pessoas.

É um assunto polêmico mesmo.

Na época essa frase (do meu twitter) fazia parte de um texto (texto que faz parte de uma ministração minha sobre Sexualidade e Espiritualidade, explicarei abaixo). Por isso ela não deve ser lida isolada para não perder o contexto. Em 2010 eu postava textos assim: de 140 em 140 caracteres, lá no twitter! rs, eu tinha essa santa paciência…
Hoje não posto mais, justamente porque fica difícil compreender o contexto das frases. (Quem quiser saber do assunto especificamente falando sobre homossexualidade, poderá ver o vídeo onde respondo a um pedido de aconselhamento de um rapaz homossexual que quer se tornar hétero: https://www.youtube.com/watch?v=CMCfQ_OSKo4)

Mas continuando a falar das “leis espirituais do sexo”:

A maioria das pessoas hoje em dia não consegue se guardar em santidade sexual até o casamento. (Estou falando de crentes)
E porque será???
Porque será que tem tanta gente com problemas nessa área?
Porque será que tem tanto marido que (ama a mulher, mas) não consegue parar de traí-la?
E porque será que tem tanta mulher que apesar de amar o marido, não consegue parar de traí-lo?
Porque hoje em dia acontecem TANTOS divórcios???
Porque acontecem tantos adultérios dentro da IGREJA SANTA DO SENHOR???

Acorda Igreja!!!
Muitos crentes falam, falam, falam… falam MUITO da Bíblia, MAS NÃO VIVEM o que está escrito sobre a área sexual!!!!

PORÉM… Eu VIVOOOOOOOOOOOOO!
(Obrigada Jesus!!!!! Toda glória é TUA Senhor!!!)
E POR ISSO eu tenho autoridade para falar desse assunto!

Imagine uma mulher que foi quase uma prostituta no tempo da ignorância (eu), imagine… Uma mulher que não conseguia ficar sem sexo de jeito nenhum (eu)… imagine…
E imagine essa mulher conhecer a Verdade, se converter, e passar a viver em santidade total (justamente) na área que ela era mais “podre” e pecaminosa…
Agora, imagine essa mulher (eu) ter suas vontades completamente TRANSFORMADAS por Deus e pela Sua Palavra!!!!
Imagine essa mulher (eu) hoje viver há mais de 10 anos sem dar nem um beijo na boca, sem nenhum contato sexual, e ser verdadeiramente… FELIZ! (sou eu! Uhuuuuu!!!)
Há poder no Sangue de Jesus para quebrar QUALQUER aliança do passado e nos transformar!!!

Se eu não soubesse de tudo que sei, não sairia por aí falando e pregando como prego (com ousadia) sobre o assunto: SEXO.
E olhem, eu estaria pecando grandemente contra o Senhor se eu OCULTASSE o conhecimento que tenho sobre esse assunto.
Eu não me atrevo a fazer isso!
Eu não me atrevo a me calar. Não tenho esse direito.
Não me foi dado (por Deus) esse direito.

Para conseguir falar sobre isso para todos de forma bem clara, criei (há alguns anos) um Congresso (que é realizado nas Igrejas), onde falo especificamente sobre Santificação (em todas as áreas principais das VONTADES do ser humano). Esse trabalho se chama “Congresso de Santificação – Nível 1”
(existe também o “Santificação nível 2”, onde falo especificamente sobre caráter, ele é realizado após o nível 1).
Esse trabalho contém 4 ministrações, começando na sexta a noite, e terminando no domingo a noite.
Todas as ministrações são sequenciais, e se completam, cada uma de um tema, dentro do tema central:” Santificação das Vontades”.
No segundo dia do Congresso (sábado) à tarde, é a vez de eu me dedicar a falar sobre Sexualidade. São mais de três horas exclusivamente para falar do (polêmico) tema: “Sexo e Transferências de espíritos”, entre outras coisas que envolvem esse tema.
Por exemplo, nessa ministração eu ensino a Igreja sobre as  4 “leis espirituais” básicas que o sexo possui:
1) “Lei da concepção” (gera vida humana)
2) “Aliança de sangue” (através dos fluídos do corpo)
3) “Transferências de espíritos” (de uma pessoa para a outra)
4) “Casamento espiritual” (Une corpos espirituais formando um só corpo espiritual)

Esse é apenas um exemplo de muitas coisas que ensino nessa ministração (sobre Sexo), e tudo que você leu acima é respaldado na Palavra durante a ministração. Vale a pena conferir.
Assim trago a tona verdades sobre sexo (contidas na Bíblia) que passam despercebidas por muitos irmãos!
Foram essas VERDADES que fizeram TODA A DIFERENÇA EM MINHA VIDA, e foi o conhecimento (dessas verdades) que me libertou do pecado sexual!

“E conhecereis a Verdade, e ela vos libertará” (João 8.32)

Portanto, quem sou eu para ocultar essas verdades da Igreja???
Justamente o conhecimento que me libertou, eu vou ocultar? Vou me calar?
Só porque nunca ninguém teve essa “revelação” da forma clara como Deus me deu, eu devo me sentir mal por isso?
(De fato nunca ninguém falou desse assunto PUBLICAMENTE, na mídia ou meios de comunicação – sobre Sexo e transferências – pelo menos no Brasil, nunca ninguém antes da irmã Sarah. E isso não é motivo de orgulho ou vaidade, é motivo de TEMOR, clamor, intercessão! É PESO de responsabilidade sobre a minha vida! Orem por mim!!!)
No entanto, devo me sentir mal porque Deus decidiu usar a minha vida? Uma MULHER solteira, que vive em santidade há anos, para falar sobre verdades da santidade sexual???
Claro que não!
Jesus não era preconceituoso, nem machista (nem feminista!), e eu também não sou.
Vejamos tão somente os frutos DO TRABALHO QUE TENHO REALIZADO HÁ TANTOS ANOS nas vidas de muitas pessoas por todo o Brasil (e até fora do Brasil) e esses frutos falarão por nós!

Deus usa quem Ele quiser!

Por isso, eu desafio a todas as pessoas que duvidam que haja respaldo bíblico tanto para transferências de espíritos como para o casamento espiritual através do Sexo, eu desafio a irem nessa ministração PESSOALMENTE, e a passarem todo o conteúdo da ministração no “crivo teológico” que possuírem.

Mas também há algo muito importante a ser falado sobre essa ministração:
Foi somente há uns 6 anos atrás que eu passei a ministrar o conteúdo COMPLETO desse estudo (sobre “Sexo e Transferências de espíritos”), estudo que inclui as fotos científicas do corpo espiritual, feitas por um cientista renomado (do qual ainda não tenho permissão para publicar as fotos, e também por isso, a ministração ainda não pode ser filmada, nem o livro publicado).
É muito impactante esse conteúdo.
Até hoje desde 2009 (dos 6 anos pra cá) nenhum teólogo ou pastor que foi a essa ministração (completa) discordou dos respaldos que eu apresento na ministração sobre as “leis espirituais do sexo”. Pelo contrário, são milhares de igrejas em todo o Brasil onde já ministrei, onde muitos pastores e irmãos  me enviaram testemunhos de transformação das vontades (na área sexual), assim como de restauração de muitos casamentos através da libertação de vontades pervertidas (na área sexual).
Os frutos nas vidas de muitas pessoas estão falando. A mudança das vontades é algo que não tem preço! É uma verdadeira LIBERTAÇÃO!

Portanto, QUEM QUISER SABER DE TUDO, VAI TER QUE IR PESSOALMENTE NA MINISTRAÇÃO.
Sei que essa ministração gera polêmica, e acima de tudo INCOMODA a muitos, porque?
Porque muitos não querem nem saber da possibilidade de existirem respaldos que os confrontem no pecado, que os FORCEM a abandonar o pecado em que vivem SECRETAMENTE, muitas vezes dentro das igrejas. É triste, mas é real!
Muitos não querem que toquemos nesse assunto!
Querem que deixemos tudo do jeito que está, deixando o povo na ignorância do conhecimento!
Mas está errado!
Se já nos foi revelado pelas Escrituras e pela ciência, então não podemos nos calar sobre esse conhecimento!
Eu sou um testemunho vivo de que é possível sim ter suas vontades sexuais transformadas!
E quem fez isso?
Quem fez essa obra em mim?
O Poderoso Sangue de Jesus Cristo quebrou todo o meu passado podre (do tempo da ignorância) e me transformou!
Hoje sou livre nas minhas vontades, vivo em santidade, e repito: não tenho vida sexual com ninguém há mais de 10 anos,
e… sou extremamente feliz!
Hoje vivo em consagração total a Deus nessa área (sexual), e será assim por quanto tempo Deus quiser, ATÉ que eu possa usufruir da comunhão sexual (QUANDO eu me casar com o homem que Deus está preparando para mim)! Ô glória!!!
Viver isso só foi possível, só é possível por causa das verdades reveladas na Palavra de Deus, e por causa do Poder dEle agindo em minhas vontades.

Por isso, se você também PRECISA de mudanças NESSA ÁREA (sexual), se você deseja ter conhecimento de algumas verdades acerca das leis espirituais do sexo, vá ao Congresso de Santificação (NÍVEL 1) quando eu estiver na tua cidade, ou numa cidade próxima.
É forte.
É bíblico.
Vá e você verá.
(Veja a agenda no meu site www.sarahsheeva.com)

E glória a Deus pela libertação e mudança nas nossas vontades!
Deus é Poderoso!
O conhecimento da Verdade é que liberta! Por isso precisamos conhecer cada vez mais…
No Amor de Jesus Cristo,
Paz! Sarah Sheeva
14.05.14

O que tem tocado aí dentro deste templo?

Alguns assuntos são muito delicados para se comentar, principalmente quando envolvem pessoas que amamos.
Aproveitando algumas notícias da mídia, e já respondendo as perguntas que estão me enviando a respeito, existe algo que vocês podem ter certeza sobre mim:

Eu JAMAIS voltarei a cantar músicas que não sejam de adoração a Deus.
É uma decisão, não apenas profissional, mas espiritual e ministerial.

Acredito no seguinte: podemos ter “amigos” no mundo, podemos andar no mundo, fazer a diferença, sermos a luz do mundo, etc… mas o mundo não pode andar DENTRO de nós.
Ou seja: Não podemos amar as coisas do mundo, os prazeres do mundo. Precisamos amar as PESSOAS do mundo.
Amar, nesse caso, significa sermos usados como instrumento de salvação para os perdidos.

Acredito que a música é algo ESPIRITUAL, é energia pura, algo sobrenatural. Acredito (e também tenho respaldo bíblico) que a música tem o poder de entrar dentro de nós e ministrar a nossa alma e o nosso espírito humano.
(Lembra de como Davi expulsou o espírito imundo de Saul ao ministrar louvor? 1 Samuel 16.23)

Nós somos o TEMPLO do Espírito Santo.
Então pergunte a você mesmo:
O que tem TOCADO aí dentro deste templo?
Dentro de mim só tocam os louvores de adoração ao nosso Deus! Nenhuma música profana ou de simples entretenimento toca dentro de mim.
Porque?
Porque EU SEI que DEUS NÃO CRIOU A MÚSICA PARA DAR PRAZER AO SER HUMANO (essa frase é do Pr.Cirilo), mas Deus criou a música para a adoração a Ele.

Acreditar nisso seria isso um tipo de “religiosidade”?
Não. Como eu sei que não?
Por causa da experiência prática da mudança nas minhas vontades.
Houveram muitos anos (após a minha conversão) que eu continuava com a prática de ouvir e cantar músicas que não eram de adoração a Deus, e enquanto eu não abandonei essa prática, muitas vontades malignas não me abandonavam, e muitas áreas da minha vida continuavam aprisionadas.
Posso testemunhar, e sei que muitos outros Cristãos podem testemunhar que, após deixarem a prática de ouvir músicas profanas, houve mudança em suas vontades, e em muitas áreas de suas vidas.

Precisamos ser um tipo de crente que, se Deus mandar deixarmos algo, deixamos NA HORA!

Precisamos ser um tipo de crente que “põe a mão no arado e não olha mais para trás…”

Porque quem põe a mão no arado e olha para trás (sente saudades do mundo) não é digno de Jesus.

Não foi fácil para mim, não foi fácil deixar certas músicas… Mas eu amo Jesus MAIS.
Eu amo Jesus MAIS do que qualquer prazer deste mundo.

Eu nasci na música do mundo. O preço de renúncia que eu paguei para poder servir ao Senhor foi alto. Por Jesus eu abandonei toda uma carreira. Eu não teria abandonado se Ele não tivesse pedido, e se deixar de obedecer não fosse algo que realmente pudesse comprometer minha caminhada em direção a eternidade.
Mesmo assim, sei que o preço que paguei não se compara com o preço que Ele pagou pela minha vida.
Por isso eu deixei tudo por Ele.
E deixaria de novo.

Lucas 9:62

“E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus.”

Traduzindo:

“Ninguém que começa a fazer a obra de Deus e fica com saudades do mundo, está capacitado para receber o reino de Deus.”

Por isso, quando alguém questiona (ou duvida que valha a pena) o nosso esforço em renunciar as coisas do mundo para seguir a Jesus, eu digo:

“Me mostre as tuas convicções, a tua teologia (ou até o teu ateísmo), que eu te mostro a mudança nas minhas vontades.”

Ser livre não é fazer o que quer, ser livre é conseguir querer o que Deus quer.
Ser livre é obedecer a Deus, e não ao diabo.

Paz,
Pra.Sarah Sheeva

28.10.12

Cada show é um culto disfarçado

Rio de Janeiro, 18 de Maio de 2011

Ao olhar um gigantesco cartaz que estava em cima de um túnel na zona sul do Rio (em homenagem ao cantor que ia fazer um mega show no domingo daquela semana), Deus me mostrou algumas coisas muito sérias. No cartaz estava escrito:
“Bem-vindo novamente ao Rio Pôwl Makkartiney!”

Esse cantor é um “ministro de música”. Um “ministro antigo” no mundo. Um homem experiente, que está há muitos anos trabalhando para o sistema, há muitos anos servindo ao sistema como um “canal” de músicas mundanas. Alguém que já fez muito sucesso, que foi “levantado” com muito sucesso, e por isso multidões o seguem aonde ele for.
Suas músicas já ministraram várias gerações. Já liberaram a “unção” delas sobre várias gerações, e ainda hoje (quando alguém as ouve) elas estão sendo “liberadas” com um propósito específico.
Este propósito é de quem, e para quem?

De Deus (e para Deus) é que não é.

Como eu sei disso?
Simples, não será o Senhor Jesus a pessoa adorada naquele lugar.
Os aplausos, a música, e toda a exaltação não estarão sendo direcionadas a Jesus, mas a outra pessoa…
Então eu entendi: Sabe por que aquele cartaz gigante estava ali naquele lugar específico?
Provavelmente porque ali era um dos caminhos que o tal cantor faria para chegar até o hotel onde ele ficava hospedado em Copacabana.
Ou seja, aquele cartaz era “só para ele ficar feliz” quando chegasse ao Rio, era um “mimo” que a “cidade” estava dando a ele…
Ele estava sendo esperado com as honrarias de um grande ministro! De um grande líder! De alguém muito importante para a nação!
E isso dava a ele mais “legalidade” para ministrar, entenderam? (Honra = Autoridade = Legalidade)
Por que dava?
Porque tanto aquele painel gigantesco era uma “aprovação” das autoridades da cidade, como também o “culto” dele era totalmente “aprovado”, consentido, liberado… e então “…Tudo que for ligado na Terra será ligado no…”
Ele fez dois “cultos” em dois dias seguidos… milhares de pessoas foram aos “cultos” dele, havia anúncios daqueles “cultos” em toda parte.
Para o “mundão” era um grande “acontecimento”, e acreditem, muitos “crentes” também aguardaram com muita expectativa, e estiveram lá! Levantando suas mãos e aplaudindo (aplaudindo alguém…)
Assim ele estava recebendo “autoridade” daqueles que POSSUÍAM a autoridade espiritual pela cidade, pelo território, pelos céus espirituais da cidade do Rio de Janeiro…
Para que essa autoridade?
Para ele “ministrar” um “culto de adoração” com música em nossa cidade.
E pra quê esse “culto”?
Para liberar “algo” sobre os céus da nossa cidade. Uma cidade que depois de muitos anos “sem trégua”, estava conseguindo “respirar” um pouco, depois de tanta violência que vinha sofrendo nos últimos anos.
Foram tantas campanhas de orações em tantas igrejas, tantos anos as igrejas declarando “Rio tu és rio de Deus…” finalmente estávamos vendo as orações se manifestarem na dimensão natural:
http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/11/apos-decadas-merce-do-trafico-rocinha-e-ocupada-pela-policia.html

https://oglobo.globo.com/rio/policia-invade-complexo-do-alemao-2919504

http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2011/11/pm-que-recusou-r-1-milhao-de-nem-diz-que-nao-fez-nada-de-anormal.html

Mas o inimigo não estava satisfeito com isso.
O inimigo (diabo) odeia perder território.
Por isso, logo após as vitórias que a cidade conquistou, ele articulou rapidamente um de seus “cultos” sobre o Rio… porque ele precisava “re-invocar” sua horda, trazer a desordem de volta à cidade…
Mas a tomada de território não seria tão fácil, então tinha que ser algo GRANDE, com um GRANDE ministro dele… o diabo sempre faz isso, depois de uma grande conquista do Reino, ele sempre usa a mesma arma: a adoração a ele e invocação dele, disfarçada de “diversão e celebração inocente”. Mas na verdade não é diversão, são cultos.
São “cultos disfarçados” de shows, disfarçados de diversão.
Sim, o mundo espiritual é invocado através da adoração, e ele interage com o mundo natural através da adoração.

Então isso me lembrou uma cena de um desenho da Disney de 1940: “Pinóquio”. Assisti quando era criança, a cena era aquela onde as crianças iam para o “Parque de diversões” na “Ilha dos Prazeres”, e depois de se divertirem muito, depois de estarem completamente ENCANTADAS com todo entretenimento, elas sofriam a consequência do encantamento da poção mágica do “Parque” e se transformavam em jumentinhos-escravos… e então, o dono do parque usava cada jumentinho para servi-lo de forma escrava. Vejam esta sequência do desenho abaixo:

http://www.youtube.com/watch?v=dfQZxYkFOhg&feature=related

Numa das cenas anteriores que se passa num bar (onde o dono do parque está conversando com a raposa) ao falar sobre a tal ilha dos prazeres, ele diz: “elas (crianças) nunca voltam de lá…”
Será que existe alguma semelhança com a vida real?
As “crianças do filme” são como as pessoas “inocentes” de hoje, que acreditam que isso tudo (que estou escrevendo aqui) “não tem nada a ver”.

“Ah, que bobagem isso Sarah, é só uma musiquinha de nada, só um showzinho, não tem nada de mais…”

Essas são pessoas “de bom coração”, pessoas inocentes (ou seria: ignorantes sobre o tema?) que sem má intenção, só querem se divertir… Só querem “curtir o momento”… e de repente, cheias de boas intenções, ficam completamente enfeitiçadas pelo encantamento liberado no local e liberado na suposta diversão…
São pessoas que “nunca voltam de lá”.
(veja a cena onde o dono do parque fala a frase)

http://www.youtube.com/watch?v=_eG0wXNg3_4&feature=related

Nunca voltam pra onde?
Nunca voltam suas vidas para o Reino, para o Rei dos Reis, pelo contrário, elas são influenciadas a desejarem ter apenas as suas necessidades (de prazer, de diversão, de “curtição”) atendidas.
É a tal “idolatria” das vontades = humanismo = a satisfação do homem acima de Deus = satisfação do ser humano acima da vontade de Deus.
Então, voltando ao cantor inglês: aquele “culto” que ele fez naquele domingo era para quem?
Os “louvores” dele foram entoados para quem?
A resposta é:
Aparentemente era só para o homem, para o entretenimento, diversão, e prazer do homem.
O problema é que nós (que já despertamos para a realidade da fonte “inspiracional” das artes e da MÚSICA) sabemos que “algo” estava sendo “liberado”, e “alguém espiritual” estava recebendo a tal adoração… E isso (detalhe) contando com a participação de milhares de pessoas!
Enquanto as milhares de pessoas estavam ali aparentemente se divertindo, na verdade estavam sendo ministradas… estavam em “concordância”, e saíram de lá “diferentes”… como no “parque” do desenho de 1940.

E tem mais uma coisa, lá nesse “culto” também teve o momento dos “dízimos” e das “ofertas”, só que lá era tudo adiantado, lá só entrava se pagasse antes. A oferta O ingresso mais baixo era de 170,00 e chegava até a 700,00 Reais… (isso foi em 2011)
Teve que pagar (adiantado) 700,00 Reais quem quis ter uma visão mais próxima desse “ídolo” da música do mundo.
Acreditem, muitos “crentes-do-nada-a-ver” pagaram para estar lá, e alguns desses crentes que estavam lá nunca ofereceram a Deus um valor (entre 170,00 a 700,00) como oferta em Seu Altar, nunca… (E depois querem repreender o devorador… Como pode?)

A verdade é que muitos que se dizem Cristãos não amam a Jesus o suficiente para abrir mão de certos “prazeres” por Ele, e uma das formas de constatarmos isso é observar os crentes que não querem “abrir mão” da “música do mundo”.
Lembre-se, em Isaías 14 o profeta tem uma visão, e revela que satanás caiu e sua música foi com ele pro inferno, Isaías 14.11-15:

  1. Derribada está NA COVA (INFERNO) a tua soberba, e, também, O SOM DA TUA HARPA; por baixo de ti, uma cama de gusanos, e os vermes são a tua coberta.
  2. Como CAÍSTE DO CÉU, ó estrela da manhã, filho da alva! Como foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!
  3. Tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu; ACIMA DAS ESTRELAS DE DEUS exaltarei o meu trono e no monte da congregação me assentarei, nas extremidades do Norte;
  4. subirei acima das mais altas nuvens E SEREI SEMELHANTE AO ALTÍSSIMO.
  5. Contudo, SERÁS PRECIPITADO PARA O REINO DOS MORTOS, no mais profundo do abismo (INFERNO).

Nem toda música, por mais bonita que pareça aos ouvidos, procede do céu. Deus não retirou do diabo sua capacidade de fazer música, o que Deus tirou dele foi o Espírito Santo e a inspiração divina do céu para a música, mas não tirou a música dele depois que ele se corrompeu.
A música do diabo está com ele, no inferno, corrompida.
Mas lembre-se, e ele é um “mestre” em disfarces, um “mestre” do engano, ele sabe fingir que algo é belo e puro, quando na verdade, não é.
O diabo tem seu “parque de diversões” que se chama: “mundo”, sistema, século (João 12.31), ele é o príncipe (regente) deste sistema, e de tudo que “brota” deste sistema.
Não se deixe enganar por esse “parque”, não se deixe seduzir…

Lucas 21.34: Acautelai-vos por vós mesmos, para que nunca vos suceda que o vosso coração fique sobrecarregado com as conseqüências da orgia, da embriaguez e das preocupações deste mundo, e para que aquele dia não venha sobre vós repentinamente, como um laço.

João 16.33: Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo.

João 17.11: Já não estou no mundo, mas eles continuam no mundo, ao passo que eu vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me deste, para que eles sejam um, assim como nós.

João 17.14: Eu lhes tenho dado a tua palavra, e o mundo os odiou, porque eles não são do mundo, como também eu não sou.

Efésios 2.2: nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência;

Efésios 6.12: porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.

Gálatas 1.4: “o qual se entregou a si mesmo pelos nossos pecados, para nos desarraigar deste mundo perverso, segundo a vontade de nosso Deus e Pai,”

Precisamos ficar ligados na dimensão do Espírito e orar…
Orar e adorar a Deus intensamente… Isso para “contra-atacar” espiritualmente todas essas “adorações” contrárias a Deus, e para que todas essas “ministrações” não nos atinjam, e não afetem “os céus” da nossa cidade, porque enquanto muitos shows são “cultos disfarçados”, infelizmente, dentro de algumas igrejas, o que acontecem são SHOWS DISFARÇADOS DE “CULTOS”.
Que a Igreja ACORDE e se una em adoração ao Rei e Senhor do Universo!
E que Deus nos ajude a prosseguir sem nos contaminarmos com as iguarias do “parque”.

Paz,
Sarah Sheeva
18.05.2011